Centros de Especialidades Odontologicas de Sergipe já realizaram 7.070 atendimentos em 2024 

No estado, oito unidades estão disponíveis para receber os usuários do SUS

Integrando-se ao programa “Brasil Sorridente”, do Ministério da Saúde, os Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs) em Sergipe já realizaram 7.070 atendimentos até o dia 30 de abril. As unidades são geridas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Fundação Estadual de Saúde (Funesa), e oferecem serviços e cuidados especializados para a saúde bucal da população sergipana.
 
Os CEOs funcionam como centros de saúde de média complexidade, oferecendo serviços especializados nas cidades de Boquim, Simão Dias, Tobias Barreto, São Cristóvão, Nossa Senhora da Glória, Propriá e Laranjeiras. Cada unidade é encarregada de receber e cuidar dos usuários das cidades adjacentes que compõem a região de saúde, possibilitando, assim, a expansão do atendimento para todo o estado. Cada unidade recebe uma média de 200 a 550 usuários por mês. 
 
Os serviços oferecidos pelos CEOs abrangem uma ampla gama de tratamentos especializados em saúde bucal, incluindo, atendimento a Pessoas com Deficiência (PcD), por meio da especialidade de Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais (OPNE), cirurgias orais, diagnóstico bucal com ênfase na detecção do câncer de boca, endodontia, periodontia e prótese. Além disso, são ofertados exames complementares, como radiografias e exames anatomopatológicos, visando ao correto diagnóstico e tratamento da saúde bucal.
 
Atendimento especializado 

A cuidadora Shirley Santos, moradora de Nossa Senhora da Glória, no sertão sergipano,  precisou passar por um procedimento cirúrgico no CEO da cidade e reconhece a importância e os cuidados de toda equipe com a população. “Eu acho o atendimento daqui espetacular, todos os profissionais que formam a equipe são excelentes. Primeiro eu passei pelo dentista da Unidade Básica de Saúde [UBS] perto da minha casa e ele me encaminhou aqui para o CEO. Quando cheguei aqui a dentista me avaliou e viu que era caso cirúrgico, então eu marquei, fiz a cirurgia e voltei para avaliação do pós. Não tenho palavras para expressar a minha gratidão”, afirmou Shirley.
 
A técnica de enfermagem, Joseane Silva, mãe Grazielly Mendonça Coelho, de 17 anos, define o trabalho e o atendimento do CEO como acolhedor e humanizado. “Desde que minha filha passou a ser atendida aqui no CEO, todos os profissionais são extremamente pacientes, da recepção ao dentista. São profissionais empáticos, humanos que nos tratam bem e deixam minha filha confortável para a realização do tratamento e acompanhamento”, expressou. 

De acordo com a cirurgiã-dentista Marcela Rocha, especialista em endodontia, cada usuário é recebido com cuidado e atenção personalizada. “Muitas vezes, recebemos usuários em situações delicadas, com dor intensa, desconforto e até mesmo medo do procedimento, mas o nosso principal objetivo é acolhê-los, fornecendo informações claras sobre o tratamento e as opções disponíveis, com uma abordagem centrada no usuário”, pontuou. 
 
A especialista em OPNE Ana Flávia Melo explica que cada atendimento é único e específico, visando sempre adaptar às necessidades individuais de cada pessoa. “Para ganhar a confiança dos usuários, muitas vezes eu fico aqui conversando, brincando e buscando estabelecer uma relação de conforto para eles se adaptarem, pegar amizade, intimidade e, assim, se adquire a confiança para eles deixarem fazer o atendimento”, destacou. 
 
Fluxo e descentralização
 
Os CEOs estão estrategicamente descentralizados para garantir o acesso da população ao tratamento em seus respectivos territórios. Os profissionais das UBSs são responsáveis pelo primeiro atendimento ao usuário e pelo encaminhamento aos centros especializados, seguindo o protocolo de atendimento do serviço. Pessoas com deficiências têm um acesso prioritário, podendo procurar diretamente o CEO para avaliação e indicação de cuidados, garantindo o acolhimento de suas necessidades na definição do risco.

Mais notícias:

Última atualização: 29 de maio de 2024 16:08.




Pular para o conteúdo